26

ago
Tiago Iorc e o melhor cover de Bang que você verá hoje

A gente sabe que o Tiago Iorc é cheio de energia e paixão quando o assunto é a música que ele faz. Desde que começou até os dias de hoje, a evolução musical que ele sofreu é bastante perceptível, e acima de tudo, ele sempre tenta inovar. E dessa vez, ele e seu grande parceiro de trabalho, o fotógrafo e diretor, Rafael Kent, se superaram, dessa vez com outra parceira, a do fotógrafo capixaba, Hid Saib, e seu Projeto Neon, sobre qual eu falarei no próximo post desse mesmo blog. Em uma plataforma acústica e ritmo calmo, Bang, da cantora Anitta, é interpretada por Tiago à base de cores neon e luz negra. Abaixo, você confere o resultado.

E aí? Curtiu?


1 comentário


25

jul
Curitiblog: Bosque do Papa

Olá! Como foram de final de semana? O meu até que foi produtivo, inclusive, o post de hoje tem tudo a ver com ele. Eu disse que falaria bastante sobre Curitiba por aqui, e que está. Quem é daqui provavelmente já conhece esse lugar, se não conhece, está esperando o que? O Bosque João Paulo II, popularmente conhecido o Bosque do Papa foi inaugurado em 1980 em homenagem à visita do papa João Paulo II a Curitiba. É também uma grande homenagem à imigração polonesa na cidade, dentro do bosque há o Memorial da Imigração Polonesa, onde encontram-se 7 casinhas tipicamente polonesas em forma de aldeia, que foram construídas durante a colonização e, então, remontadas no parque. Nelas você vai encontrar utensílios utilizados pelos imigrantes na época, bem como fotos e mobiliários. Em uma delas foi montada uma capela em homenagem à padroeira da Polônia, casa essa que foi visitada pelo papa durante sua estada em Curitiba (a casa havia sido montada no estádio Couto Pereira para a cerimônia, e logo após, foi remontada no bosque). Há ainda uma casinha onde é possível comprar souveniers, e artesanatos da cultura polonesa.

Já tinha algum tempo que eu não o visitava, mas sábado resolvemos aproveitar o sol, que é raridade por aqui, e visitar algum parque, tirar algumas fotos e passar um sábado tranquilo. Pois bem, é exatamente esse lugar, calmo, relaxante, com muitas árvores ao redor, um lugar perfeito pra encontrar paz. Há três entradas, uma com acesso pela rua Mateus Leme, que é onde tem o portal que está na capa desse post, outra nos fundos da Prefeitura, e outra que é no final da rua Manoel Eufrásio, quando acaba o Museu Oscar Niemeyer. Pelas entradas dois e três você caminha por entre as árvores, ao som da bicharada que lá habita.

Continue lendo »


3 comentários


15

ago
5 sites/blogs de fotografia pra quem quer começar

Acho que já disse aqui algumas vezes que amo fotografia e tenho muita vontade de começar a me aprofundar no tema, mas por motivos de equipamentos são muitos caros, ainda não consegui comprar minha câmera (falta pouco *-*) e, com isso, ainda não consegui começar a fotografar de verdade. Mas sempre que posso leio a teoria da coisa, tendo aprender sobre, primeiro coisas básicas sobre diferença de câmeras, lentes e tudo que seja pertinente à fotografia. Aos poucos vou aprendendo e entendendo um pouco mais sobre esse mundo tão maravilhoso. Com isso acabei encontrando diversos sites sobre o assunto, que me deram base para esse aprendizado, então, se você também gosta do tema e tem vontade de se aprofundar nele, vão aí algumas dicas de sites que podem te ajudar bastante.,/p>

Dicas de Fotografia

Acho que esse é o primeiro site que comecei a acompanhar. Ele é um site em estilo revista (super fofo, por sinal) que, como o nome já diz, traz inúmeras dicas sobre fotografia, tutoriais, etc. O site é bem informativo e o melhor, possui uma linguagem super fácil e vê-se que eles querem mesmo é fazer com que todos entendam, principalmente aqueles que estão começando, e isso é muito bom.

Continue lendo »


6 comentários


16

abr
100 Casas abandonadas

Qual a sua sensação quando você passa por uma casa abandonada? Casas abandonadas sempre estiveram no meu imaginário desde criança. Eu gostava de imaginar que ali morava uma bruxa ou que era uma casa mal assombrada, coisa de criança. Mas eu sempre tive um certo fascínio pelo místico e sobrenatural. Deve ser por isso que quando eu vi esse projeto, uns dois anos atrás, eu fiquei encantada e, hoje, decidi compartilhar com vocês.

Kevin Bauman é um fotógrafo estadunidense que possui como seu objeto de fotografia algo não muito comum, Kevin fotografa casas abandonadas da cidade de Detroit, Estados Unidos. Ele conta que começou a fotografar o abandono em Detroit em meados dos anos 90, apenas como uma saída criativa e curiosidade com o estado de sua cidade natal. E assim surgiu o projeto 100 Casas Abandonadas. Kevin, no site do projeto, vende impressões de suas fotos, em que parte da renda deverá ser revertida para organizações que façam trabalho positivo, preferencialmente, em Detroit, mas também em outras cidades e países, tais como a Habitat for Humanity e The Greening of Detroit.

O que me chamou atenção no trabalho dele é a maneira como ele consegue capturar essas imagens de maneira que você não fica chocado nem aterrorizado, mas admirado, são coisas que muitas vezes nos passam despercebidas em nosso dia-a-dia e ele nos mostra a beleza no feio, e isso é muito legal. A título de curiosidade, a cidade de Detroit possui mais de 12.000 casas abandonadas. Abaixo eu selecionei mais algumas fotos. Para vê-las maior é só clica nas miniaturas.


Pra você ver mais das fotos do Kevin basta entrar aqui no site do projeto dele e divirta-se!


0 comentários