20

fev
Conheça: Louane

Esse post é pra quem gosta de música (faz tempo que não falo sobre isso aqui), pra quem gosta de conhecer música nova, mas principalmente pra quem quer sair da zona de conforto e ouvir algo além do inglês e do português. Eu amo inglês, amo músicas em inglês, e elas foram a peça chave pra que eu aprendesse a língua, e confesso que sempre tive um pouco de preguiça de ouvir canções que não eram em inglês ou português. Sentia uma certa estranheza, além de me incomodar um pouco ouvir uma música que eu não consigo entender, até que conheci a Louane.

Louane Emera, ou apenas Louane, é uma cantora e atriz francesa de apenas 20 anos, o som dela é pop e algumas canções são bem chiclete (apesar de não saber a língua). Ela ficou conhecida na França por sua partição na edição de 2013 do The Voice francês, em que chegou até a semifinal. Em 2014 Louane estreou na carreira de atriz, com o filme La Famille Bélier, pelo qual ganhou o César de atriz revelação. O César, pra quem não sabe, é o equivalente ao OSCAR lá da França. Seu primeiro álbum, Chambre 12, lançou em 2015 e é cheio de músicas super gostosinhas. Confiram algumas:

Ela tem uma voz super doce e é muito fofinha. As minhas músicas favoritas são Avenir, No Secrets e Jour 1. Agora só me resta aprender a cantá-las (o que já estou providenciando). A minha dica está aí, aliás, é uma ótima dica pra quer quer aprender francês, eu aprendo muito melhor com música e filmes. O que acham?

Espero que tenham gostado da indicação, eu estou bem viciadinha, vou lá continuar treinando meu francês. Até mais!


0 comentários


26

out
Conheça: Hayley Kiyoko

Hayley Kiyoko Alcroft (ou apenas Hayley Kiyoko), nasceu em 3 de abril de 1991, em Los Angeles, California e é filha de mãe canadense descendente de japoneses e pai americano. É provável que você já tenha se deparado com essa americana de descendência de olhinhos puxados. A Hayley é atriz, e já fez interpretou alguns papéis em filmes e séries, como o terror Sobrenatural: A Origem (Insidious Chapter 3), a série policial CSI: Cyber e o filme original da Netflix, XOXO.

Em 2007, junto com outras quatro amigas, formou o grupo musical The Stunners, mas foi somente em 2013 que ela decidiu investir na carreira solo, lançando o EP, A Belle To Remember. Desde então, já acumulou três deles, e o último, Citrine, lançado no meu aniversário em 30 de setembro, já parte de sua recente assinatura com a Atlantic Records, gravadora de nomes grandes como AC/DC, Bruno Mars, Coldplay, David Guetta, etc.

Seu primeiro single e videoclipe é Rich Youth, e assim como suas músicas em geral, tem uma vibe bem indie e pop com uma pegada eletrônica, é enérgico e diferentão interessante. Em 2015 veio mais um fruto de seu trabalho como cantora e compositora, Hayley lançou o EP This Side of Paradise, o qual abriga seu maior sucesso até hoje, Girls Like Girls, que fala sobre isso mesmo que você está pensando. Aliás, várias músicas e clipes da Hayley abordam a diversidade, autoaceitação, empoderamento, homoafetividade, relações trans, e ela explica isso:

“Quando as pessoas ouvem a minha música, eu quero que todos se sintam incluídos e sintam que não estão sozinhos. Eu quero mostrar que está tudo bem sentir tudo: felicidade, tristeza, perda e amor. Eu adoraria ser aquela garota com a capacidade de empoderar e fazer os outros se sentirem bonitos e ótimos consigo mesmos.”

Recentemente ela lançou dois videoclipes, um deles, One Bad Night, na semana passada, e Gravel To Tempo no comecinho de Agosto. Confira abaixo:

E pra completar tudo que já foi dito, a pessoa ainda arrasa no estilo, sempre bem alternativa e ousada, mas também variando entre looks mais sofisticados, de acordo com o evento. Mas o que mais me chamou a atenção nos looks dela, foi o cabelo, sempre com penteados, cortes e cores diferentes, do verde ao loiro, comprido, chanel, joãozinho, de todas as formas possíveis e imagináveis. Arrasou!

E aí, gostou da Hayley? Também está doidinho por um álbum completinho dela? O jeito é aguardar, mas com contrato com gravadora fica bem mais fácil, neah!? Beijos e até mais!


2 comentários


07

out
Conheça: Grace Vanderwaal
em MúsicaTV

Nunca tive paciência pra programas de calouro, aí em 2012 e 2013 fiquei viciadinha no X Factor US, e vez ou outra acompanhava o UK. Fato é que sempre aparece uma coisa ou outra que vale a pena ver, e há aquelas que a gente simplesmente se arrepende de não ter visto antes. Uma dessas pra mim foi o surgimento dessa pequena estrela chamada Grace VanderWaal. Grace é uma cantora e compositora da cidade de Suffern-NY, que se apresentou no America’s Got Talent, em junho desse ano. Mas o mais surpreendente nisso tudo é que Grace tem nada mais, nada menos, que 12 anos de idade. Sim, você leu direito, com apenas 12 anos a garota campõe músicas belíssimas, canta como gente grande e, tudo isso, embalado ao som de seu ukulelê. Sua voz é suave e rouca, me lembra muito a Kate Nash, inclusive na forma de cantar, com algumas pausas, como se ela apenas falasse. Seu som é um folk gostosinho, suas letras são simples e muito bem trabalhadas para uma garota de sua idade, tenho vontade de ouvi-la o dia todo. Só faltou mencionar que ela foi vencedora do programa no final do mês passado, mais que merecido.

Vídeo da audição com sua música original ‘I Don’t Know My Name’

Final do America’s Got Talent, novamente com música original ‘Clay’

Clique nos links a seguir pra ver as outras apresentações da garota no programa: [1] [2] [3]

Após ganhar o programa, a garota assinou contrato com a Columbia Records, gravadora de grandes estrelas da música, tais como Beyoncé, Adele e o músico Calvin Harris. Por agora, a agenda da pequena cantora tem estado bastante ocupada com alguns shows e participações em talk shows, ela já esteve com o Jimmy Fallon a Ellen Degeneres. A Grace também tem um canal no youtube em que ela toca e canta suas canções e alguns covers.

The Good Just Gets Better – Grace VanderWaal

E além de tudo isso, a pequena ainda é super vaidosa e muitíssimo estilosa. Sempre com looks fofos e um estilo meio clássico, meio contemporâneo, Grace arrasa também na moda. E dá pra notar que ela ama rosa e é uma forte adepta das golinhas Peter Pan.

Uma graça, não!? Bem, por hoje é só, espero que tenham gostado da dica, apesar de saber que muita gente já havia ouvido falar dela, afinal, ela virou um fenômeno e viralizou no momento em que entrou no palco programa. Mas se você estava fazendo retiro, foi abduzido, ou se encontrava em um mundinho paralelo, espero ter lhe mostrado algo novo e muito especial!


3 comentários


26

ago
A beleza de ‘English Rain’, álbum de Gabrielle Aplin

Há mais de um ano já lançado e só agora eu vim falar pra vocês sobre ele. E olha que eu já prometi aqui algumas vezes. Já era pra eu ter apresentado ela por si só há mais tempo ainda, mas façamos tudo em um único post. Você pode nunca ter ouvido falar dessa inglesinha fofa, mas não é por isso que você não vai querer saber mais sobre ela. Gabrielle Ann Aplin tem 21 anos e tem feito sucesso para as bandas de lá da terra da Rainha com músicas cheias de alma e inspiração. O estilo dela é um indie-folk mais doce e romântico, suas músicas são calmas, sua voz é suave e suas letras profundas. Gosto quando uma música me toca pela sua simplicidade, e forma como Gabrielle faz isso é impressionante.

Seu primeiro álbum veio em maio no ano passado, e chega aos nossos ouvidos como um lençol de seda toca nossa nossa pele, e penetra como a chuva fria do inverno, eis um nome perfeito para o mesmo, English Rain. Confesso que por alguns meses, após uma desilusão amorosa, não consegui ouvido, pois seu efeito é tão cortante que eu sabia que me faria chorar por horas a fio. Se você nunca ouviu canção alguma dessa garota, não deixa pra amanhã, faz isso já! A Gabrielle é essa lindinha da foto abaixo, e pode ser que vocês ainda ouçam sobre ela, eu espero que sim. O álbum se manteve no topo das paradas no Reino Unido, e se ela está bombando por lá, é bem possível que logo espalhe seu sucesso aqui. Esse ano ela esteve na line-up apenas do maior festival ao ar livre do mundo, o Glastonbury.

E pra minha sorte todas as minhas favoritas do álbum (Salvation, The Power Of Love, Home, Panic Cord e Please Don’t Say You Love Me) viraram singles, e como eu não vou resistir, postarei todos os videoclipes aqui =)

The Power Of Love

Home

Salvation

Panic Cord

Please Don’t Say You Love Me

Gabrielle compôs uma música para o episódio da personagem Cassie de Skins em Skins Pure. E a última canção acima foi incluída na playlist da Cassie. Viu só, a garota está com tudo. Enfim, é isso por hoje, já conheciam a Gabrielle? Se não, o que acharam? Gostaram? Espero que sim. Beijos e até a próxima!


5 comentários